Chatbot para instituições de saúde: como pode ser útil?

Mão de robô mexendo em notebook, o que representa o chatbot

Chatbot para instituições de saúde: como pode ser útil?

Conteúdo validado por Ron Seagull, CEO da Proxismed.

A comunicação em um atendimento ao cliente ou paciente é essencial para conseguir ter uma jornada de relacionamento de sucesso. Nesse cenário, com o avanço da tecnologia, surgiram várias ferramentas novas que agilizam e otimizam a relação. Uma delas é o chatbot.

O que é o chatbot?

Um chatbot é um software equipado com inteligência artificial capaz de conversar com um usuário por texto ou áudio. Segundo a Chatbots Magazine, nele é possível interagir por meio de uma interface de bate-papo em tempo real, tendo experiências que tanto podem ser mais sérias quanto mais divertidas.

Hoje, pesquisas indicam que 65% dos consumidores preferem ser atendidos por um chatbot que resolva o que ele deseja, em vez de ter que aguardar em uma fila de espera. Além disso, 23% dos potenciais clientes desistem de realizar a compra se o canal estiver ocupado.

E como isso funciona no setor de saúde?

Ninguém gosta de esperar. Com a correria da vida moderna, as pessoas querem cada vez mais algo prático, rápido e que resolva seu problema. Portanto, agendar uma consulta ou comprar um medicamento, por exemplo, são atitudes que o paciente gosta de realizar de forma assertiva e ágil.

Um chatbot de atendimento e marketing funciona muito bem nesse contexto. Ele cria um ambiente de conversação no qual é possível mostrar a personalidade da marca e também ser acessível para o usuário sempre que ele precisar. Por isso, é importante para farmacêuticas, hospitais, operadoras de saúde, clínicas, entre outras instituições.

Além disso, a empresa HIT Consultant explica que os chatbots para a área da saúde podem ser divididos em três perfis de contato com o paciente, estabelecidos com base na sua funcionalidade: cuidador, conselheiro ou funcionário.

Ao criar um ambiente de conversação acolhedor e que proporciona uma sensação de segurança, o paciente é incentivado a falar sobre sua saúde. Uma vez que os problemas de cada paciente são diferentes e as respostas devem ser adaptadas de acordo com cada perfil, essa empatia e gentileza é extremamente importante em um contexto médico.

Funções e vantagens do chatbot na saúde

Agora que você já entendeu o que é o chatbot e como ele pode funcionar em instituições de saúde. Veja de forma objetiva o que ele pode oferecer para sua empresa:

  • Atendimento ao cliente personalizado e 24×7;
  • Alcance ilimitado;
  • Aumento da adesão;
  • Redução do dropout;
  • Automação de procedimentos;
  • Fortalecimento da marca;
  • Engajamento do cliente;
  • Redução de erros humanos;
  • Redução de custos.

Essa comunicação com chatbot leva a uma grande experiência do usuário, o que se reflete em taxas de conversão maiores. Tem interesse em saber mais detalhes sobre essa ferramenta e criar um chatbot para sua empresa? Entre em contato conosco que te ajudaremos!

Gostou do nosso artigo? Conheça nossas soluções para alavancar sua empresa.

Sem comentário

Faça seu comentário

Receba Nossa Newsletter

Quer saber mais sobre o trabalho da Proxismed e receber dicas para cuidar da saúde? Cadastre-se!