Quais as diferenças entre PBM, Programa de Relacionamento, PSP e Jornada de Relacionamento em Saúde?

Pessoa digitando no computador com estetoscópio na mesa

Quais as diferenças entre PBM, Programa de Relacionamento, PSP e Jornada de Relacionamento em Saúde?

Conteúdo validado por Luciana Soldá, Head da Proxismed

O que você sabe sobre Programas de Benefícios em Medicamentos (PBM), Programa de Relacionamento, Programas de Suporte ao Paciente (PSP) e Jornadas de Relacionamento em Saúde?

A) Não entendo nada.
B) São processos iguais.
C) São estratégias interligadas.

Se você escolheu a última alternativa, saiba que está no caminho certo para a criação ou o aprimoramento de seus programas de gestão em saúde.

Vale contextualizar que no momento em que as doenças crônicas, como as do coração, câncer, diabetes e hipertensão, respondem por cerca de 80% das mortes globais, segundo a Organização Mundial da Saúde, nunca foi tão importante encontrar soluções preventivas na área de saúde. Por esse motivo, o mercado de Health Care tem buscado desenvolver constantemente iniciativas inovadoras para atender a esses objetivos com eficácia – e as três condições citadas no início do texto são exemplos disso.

Os programas de PBM, PSP e as Jornadas de Relacionamento em Saúde fazem parte de estratégias integradas de acompanhamento da jornada do paciente, que visam promover o diagnóstico, engajamento e a adesão ao tratamento, melhorando a qualidade de vida e otimizando custos em saúde.

Confira a seguir as diferenças entre cada uma delas e porque podem ser importantes para o seu negócio:

Programa de Benefícios em Medicamentos

Os Programas de Benefícios em Medicamentos têm como foco dar suporte ao mercado corporativo na otimização dos custos em saúde. As iniciativas, quando bem estruturadas, não estimulam a automedicação ou as compras de medicamentos, mas auxiliam os funcionários a aderirem aos tratamentos prescritos, complementando a assistência oferecida pelo plano de saúde, melhorando a qualidade de vida e reduzindo o absenteísmo. Além disso, geram dados que se transformam em indicadores valiosos de saúde, ajudando a empresa a aprimorar seus programas de gestão em saúde e direcionar os recursos financeiros de forma mais assertiva.

Principais características

●     Gerenciam parcerias com farmacêuticas e farmácias para aquisição de medicamentos de forma mais econômica;
●     Fornecem informações e listas dos medicamentos cobertos, além de indicações de onde obter esses medicamentos e outros que não estão cobertos pelo programa;
●     São personalizáveis: a empresa decide como será a compra dos medicamentos; os tipos de subsídios oferecidos (se por cargo, salário, tipos de medicamentos e doenças, etc.), entre outras ações;
●     Criam comunicações em saúde para as diversas fases da jornada do paciente;
●     Colhem informações personalizadas de saúde e hábitos do indivíduo (identifica os doentes crônicos, medicamentos mais utilizados, escape no tratamento, etc.).

Programa de Relacionamento

Esse tipo de programa tem como objetivo promover a conscientização e oferecer acesso aos medicamentos por meio de descontos entre outros benefícios. Em geral, esses remédios são de uso contínuo, para que seja mais fácil a fidelização dos consumidores finais. O programa de relacionamento oferece ainda a possibilidade de customização de campanhas por CPF, oferecendo benefícios customizados, por exemplo. A utilização de jornadas de relacionamento, que comentaremos ainda nesse artigo, é uma estratégia que pode ser utilizada para otimizar resultados.

Programas de Suporte ao Paciente (PSP)

Com uma estrutura bem organizada, esse tipo de programa colhe e analisa informações dos pacientes para delinear as estratégias de saúde mais adequadas a cada perfil e prestar suporte personalizado, principalmente, aos indivíduos com doenças crônicas. O objetivo principal é promover diagnóstico, acesso e adesão ao tratamento e conscientização sobre saúde e qualidade de vida. Alguns exemplos que englobam essa iniciativa: pesquisas de pacientes e profissionais de saúde, mapeamento de elegibilidade, formas de acesso, orientação para inicio ao tratamento e gerenciamento de doenças crônicas.

Principais características

●     Colhem e analisam dados sobre o paciente;
●     Acompanham desde o diagnóstico até a adesão aos tratamentos;
●     Fornecem apoio aos pacientes, os ajudam na fase de acesso, de início de tratamento, visando utilização dos medicamentos adequadamente e seguimento conforme prescritos (compliance/adesão);
●     Oferecem serviços de equipe multidisciplinar contando com profissionais da saúde como: fisioterapeutas, enfermeiras, nutricionistas, psicólogos etc;
●     Ajudam os pacientes a entenderem suas condições de saúde, que mudanças comportamentais devem promover e os aconselham como seguir o plano de consultas, realizar os exames, gerenciar melhor as doenças, oferecendo orientações, por exemplo, sobre dieta alimentar e exercícios físicos.

Jornada de Relacionamento em Saúde

A Jornada de Relacionamento em Saúde não é um programa à parte. Mas uma estratégia ampla que reúne e acompanha não só as iniciativas anteriores, como também outras soluções, sempre com o objetivo de reforçar o engajamento dos pacientes com a própria saúde, minimizando riscos e complicações médicas e otimizando custos.

Aqui na Proxismed, visamos sempre a realização de jornadas assertivas que variam de acordo com perfis de compra, CPF, idade, etc. Veja quais são os benefícios desse tipo de jornada:
●    Estudo para identificação de gatilhos/disparos;
●    Estreitar relacionamento com clientes;
●    Realizar pesquisas;
●    Promover rastreabilidade;
●    Oferecer conteúdo e linguagem adequada;
●    Monitorar;
●    Planejar através de análise preditiva.

É importante ressaltar também, de forma mais clara, que a Jornada de Relacionamento pode servir como estratégia para o PBM, PSP e Programa de Relacionamento.

O objetivo é engajar pacientes, auxiliar no entendimento de patologias (de acordo com projeto/jornada), demonstrar a importância e os benefícios do tratamento e cuidados com a saúde. O engajamento também pode ser voltado para profissionais da saúde, médicos, instituições, clínicas, hospitais, cuidadores e familiares etc. Tudo isso por meio de uma comunicação continuada e personalizada.

Um exemplo de personalização que podemos fazer é, no início da jornada, usar uma pesquisa para identificar os canais de preferência e também os assuntos de interesse da pessoa cadastrada. Esse início de jornada pode começar com um cadastro via web ou até mesmo no SAC na hora do cadastro. Isso dá margem para gerar maior engajamento, o que otimiza tanto gastos com disparos de SMS/e-mail, por exemplo, como também aumenta os resultados.

A Proxismed desenvolve soluções inovadoras focadas em prevenção, diagnóstico, tratamento e qualidade de vida. Por meio da combinação entre contato humanizado e recursos tecnológicos, a empresa acompanha e monitora toda a jornada do cliente, gerando resultados satisfatórios. Quer saber mais como podemos te ajudar? Acesse aqui a nossa oferta de serviços.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais e inscreva-se para receber nossa newsletter!

Sem comentário

Faça seu comentário

Receba Nossa Newsletter

Quer saber mais sobre o trabalho da Proxismed e receber dicas para cuidar da saúde? Cadastre-se!