Acompanhamento médico: entenda a importância para a saúde

Acompanhamento médico: entenda a importância para a saúde

Quando foi a última vez que você foi ao médico? Muitas pessoas só marcam uma consulta quando sentem uma dor muito forte e constante. Porém, ter um acompanhamento médico e realizar um check-up é muito importante para cuidar da saúde.

De acordo com a Johnson Memorial Hospital Foundation, “visitas regulares ao médico podem ser, muitas vezes, a diferença entre a vida e a morte”. Manter uma alimentação saudável e praticar atividade física regularmente fazem parte de um estilo de vida que ajuda a prevenir muitas doenças.

Mas existem enfermidades causadas pela genética e outras que não apresentam sintomas. Por isso, somente um acompanhamento médico pode detectá-las precocemente e combatê-las da melhor forma.

Por que ir ao médico quando me sinto bem?

Existem alguns motivos para ir ao médico ao menos uma vez por ano mesmo que você se sinta bem. Entenda as principais razões:

Detecção precoce de doenças

A única forma de detectar doenças sem sintomas de forma precoce é realizando um acompanhamento médico constante e um check-up regular. Ao diagnosticar uma doença precocemente, as chances de cura aumentam bem como a sua qualidade de vida.

Um infarto ou um AVC (acidente vascular cerebral), por exemplo, podem acontecer de repente. Mas, com um acompanhamento médico e um check-up, é possível antever sinais e fatores de risco que podem ser prevenidos e tratados, como hipertensão arterial e colesterol alto.

Histórico médico

Se o paciente tem histórico familiar de algumas condições, como câncer, pressão alta ou distúrbios do sono, por exemplo, é importante ele informar a um médico de confiança. Isso ajuda a realizar um monitoramento da saúde de forma individualizada.

Ter um histórico médico atualizado ajuda nas consultas médicas para conseguir um diagnóstico preciso. Além disso, ao ter um médico que centraliza as informações, da mesma forma que acontece no caso dos pediatras com as crianças, os adultos passam a ter um profissional de confiança que analisa os problemas de saúde como um todo.

Autodiagnostico e automedicação

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade (ICTQ) mostra que, atualmente, 40% dos brasileiros realizam um autodiagnostico médico pela internet. Isso faz parte da jornada do paciente ao tentar descobrir o que se tem, mas é perigoso.

De acordo com o Ministério da Saúde, o autodiagnostico pode levar à automedicação e isso pode causar alguns problemas, como:

  • Retardo do diagnóstico correto;
  • Efeitos colaterais ou interação medicamentosa;
  • Piora do quadro da doença.

O acompanhamento médico durante a fase do diagnóstico da jornada do paciente é muito importante para garantir saúde ao paciente. Por isso, é importante informar e atender a população de forma efetiva. Além disso, o paciente deve voltar sempre ao médico para verificar se a troca de medicamentos ou novos exames são necessários.

Por que fazer um check-up?

O check-up e o acompanhamento médico estão diretamente relacionados. O objetivo de um check-up é realizar uma avaliação completa do estado de saúde de uma pessoa para acompanhar, prevenir e diagnosticar doenças. Ele consiste em uma avaliação médica associada a alguns exames clínicos e laboratoriais que é o profissional da saúde que solicita.

Os exames e o foco da consulta levam em consideração fatores como idade, gênero, hábitos e históricos individual e familiar do paciente. A frequência das consultas médicas pode depender de acordo com o caso de cada paciente. É importante perguntar ao médico a cada quantos meses ou anos deve consultá-lo.

Além disso, o paciente deve lembrar de guardar os exames já realizados e levá-los para a consulta. Assim, o médico consegue sempre comparar os exames antigos com os novos e acompanhar a evolução da saúde e de possíveis doenças.

Dicas para uma boa consulta médica

Ao ir a uma consulta, aproveite ao máximo tendo um papel ativo na sua saúde. Veja algumas dicas de instituições como o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos:

  • Faça uma lista dos seus sintomas e das suas dúvidas.
  • Mantenha um diário da saúde sobre as doenças que você tem, procedimentos que realizou e medicamentos que toma ou tomou.
  • Considere levar um amigo ou parente para a consulta, pois ele pode ajudar a lembrar mais detalhes da sua condição e também sobre o que médico falou.

Não adie mais e realize seu check-up!

Gostou deste artigo? Compartilhe nas redes sociais e leia outros textos no nosso Blog.

Sem comentário

Faça seu comentário

Receba Nossa Newsletter

Quer saber mais sobre o trabalho da Proxismed e receber dicas para cuidar da saúde? Cadastre-se!