Confira 8 dicas para prevenir o câncer

Cigarro quebrado ao meio

Confira 8 dicas para prevenir o câncer

Conteúdo validado por Luciana Soldá, Head da Proxismed

O Dia Mundial do Câncer é comemorado no dia 4 de fevereiro e busca aumentar a conscientização da população sobre essa doença tão temida. Com as informações necessárias e corretas, é possível lutar contra o câncer.

O câncer pode afetar a todos, jovens e idosos, ricos e pobres, homens e mulheres. E o cenário não é tão animador. Estima-se que 9,6 milhões de pessoas morreram de câncer em 2018, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Porém, o câncer pode sim ser prevenido!

De acordo com a OMS, 30% a 50% dos casos de câncer podem ser prevenidos com escolhas saudáveis de estilo de vida. Além disso, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), entre 80% e 90% dos casos estão associados a causas externas.

Neste ano, a União Internacional de Controle do Câncer, que organiza o Dia Mundial do Câncer, escolheu como tema da campanha “Eu sou e eu quero”. O objetivo é que cada pessoa busque cuidar da própria saúde e combata o câncer. Mas, para cumprir esse compromisso pessoal, é necessário saber o que é possível fazer para prevenir o câncer. Por isso, separamos algumas dicas importantes. Confira!

Como prevenir o câncer?

1. Mantenha uma alimentação saudável

A alimentação para prevenir o câncer deve ser equilibrada e com o máximo possível de alimentos naturais. O ideal é incluir no prato mais alimentos de origem vegetal, menos de origem animal e tirar do dia a dia o máximo que puder de alimentos industrializados, que são prontos para consumo ou prontos para aquecer. Portanto, coma mais frutas, verduras e cereais integrais. Deixe de lado carnes processadas e produtos industrializados.

2. Pratique atividade física regularmente

Ser uma pessoa ativa é uma forma de proteção de várias doenças, inclusive de prevenção do câncer. Tente incluir exercícios físicos em sua rotina, como um esporte, uma dança ou aulas coletivas em academias ou clubes. Mas seja sempre orientado por um profissional.

Além disso, inclua formas simples de atividade física no seu dia a dia. Por exemplo, você pode caminhar ou ir de bicicleta até o trabalho, escolher as escadas no lugar do elevador, levar o cachorro para passear e cuidar do jardim. Assim, você também controla seu peso que, se estiver acima do ideal, pode aumentar o risco de câncer.

3. Não fume

De acordo com a OMS, o consumo de tabaco é o principal fator de risco para mortalidade de câncer que pode ser evitado. Segundo o Inca, ao fumar, são liberadas mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes. Assim, o tabagismo pode causar câncer de pulmão, esôfago, laringe, pâncreas, rim, entre outros tipos de tumor.

4. Evite bebidas alcoólicas

O consumo de álcool é um fator de risco para vários tipos de câncer, como fígado, mama e colorretal. Portanto, evite consumir bebidas alcoólicas. E, se for beber, seja qual tipo for, limite sua ingestão. Se fumar e beber, o risco de desenvolver câncer é ainda maior.

5. Cuidado com o sol

Apesar de ser benéfico para garantir vitamina D no organismo, a exposição em excesso ao sol é um fator de risco para o câncer de pele. Este é o tipo mais comum de câncer no mundo. Portanto, evite tomar sol entre 10h e 16h, período com raios ultravioletas mais fortes, use diariamente protetor solar e, se for à praia ou for fazer uma atividade ao ar livre, proteja-se com bonés ou chapéus.

6. Tome as vacinas recomendadas

Existem alguns tipos de câncer que se desenvolvem a partir de outras doenças. Por exemplo, a hepatite B pode evoluir para um câncer de fígado, enquanto o HPV (vírus do papiloma humano) pode levar a um câncer do colo do útero. Portanto, não deixe de se vacinar contra a hepatite B e o HPV. Em 2012, aproximadamente 15% de todos os tipos de câncer foram atribuídos a agentes infecciosos, segundo a OMS.

7. Mantenha um acompanhamento médico

Além desses cuidados, é recomendado fazer acompanhamento médico periodicamente e realizar exames preventivos. Um check-up anual pode ajudar a evitar o desenvolvimento de um câncer e também diagnosticá-lo precocemente. Isso aumenta a chance de cura e qualidade de vida do paciente.

8. Controle o estresse

Não há evidências de que o estresse aumenta o risco de câncer diretamente. Porém, pessoas sob estresse podem desenvolver certos comportamentos, como fumar, beber álcool e comer em excesso, que aumentam a chance de desenvolvimento de câncer. Além disso, o estresse enfraquece seu sistema imunológico. Cuide da sua saúde mental e emocional praticando mindfulness, administrando melhor seu tempo e tendo tempo para cuidar de si mesmo e relaxar.

Existem fatores de risco que não podemos controlar, como idade e genética. Porém, nós podemos controlar os fatores de risco citados anteriormente. Portanto, tente seguir essas dicas e aumente a chance de evitar o câncer!

Achou o artigo interessante? Compartilhe nas redes sociais e leia outras dicas para cuidar da saúde em nosso blog!

Sem comentário

Faça seu comentário

Receba Nossa Newsletter

Quer saber mais sobre o trabalho da Proxismed e receber dicas para cuidar da saúde? Cadastre-se!