Novembro Azul: o homem também precisa cuidar da saúde

Homem segurando bexiga azul em fundo azul para Novembro Azul

Novembro Azul: o homem também precisa cuidar da saúde

Conteúdo validado por Luciana Soldá, Head da Proxismed

Estudo mostra que 31% dos homens brasileiros não têm o costume de ir ao médico e 55% desses ainda afirmam que não vão porque não precisam. Esses dados são do Ministério da Saúde e alertam que os homens precisam entender melhor a importância de cuidar mais da saúde.

É preciso mudar a ideia de que o homem não precisa de cuidados, pois muitas vezes isso leva a descobrir doenças em estágios já avançados, o que dificulta o tratamento e a cura. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), os homens vivem, em média, sete anos e meio a menos que as mulheres.

Por isso, o mês de novembro é marcado pela campanha Novembro Azul, que busca conscientizar sobre os cuidados com a saúde masculina. O movimento no Brasil começou com uma abordagem centrada no câncer de próstata, mas foi ampliado para chamar a atenção sobre cuidados com a saúde do homem em todos os aspectos.

Doenças cardiovasculares, problemas no fígado, diabetes e transtornos mentais são algumas das outras enfermidades que também atingem muitos homens. Por isso, vamos falar sobre hábitos importantes que os homens devem ter diariamente e também medidas efetivas para evitar doenças e aumentar a qualidade de vida.

Hábitos saudáveis que todo homem deve ter

A idade e a genética não podem ser controladas, mas um estilo de vida é formado por hábitos. Isso pode ser a diferença entre uma vida saudável e o desenvolvimento de diversas doenças. Confira algumas dicas:

1. Manter um peso saudável

O excesso de peso e de gordura é um fator de risco para diversas doenças. De acordo com a Mayo Clinic, perder os quilos em excesso pode reduzir o risco de doenças cardiovasculares e vários tipos de câncer.

2. Praticar atividade física

A Organização Mundial da Saúde recomenda que todo adulto pratique ao menos 30 minutos de atividade física de forma moderada a intensa em cinco dias da semana. Ser uma pessoa ativa ajuda a proteger a saúde física e mental.

3. Cuidado com o excesso de álcool

Você até pode beber, mas sempre com moderação. Isso significa, segundo a Mayo Clinic, até dois drinques por dia para homens de 65 anos ou menos e um drinque por dia para homens com mais de 65 anos. O consumo excessivo de bebidas alcoólicas pode aumentar a pressão arterial e o risco de doenças como cirrose e câncer de fígado.

4. Parar de fumar

Se você ainda fuma, já passou da hora de parar. Não é novidade que o tabagismo prejudica a saúde, afetando principalmente o pulmão e o sistema cardiovascular. Parar de fumar é difícil, portanto, se necessário, busque ajuda profissional.

5. Manter uma alimentação equilibrada

Os alimentos que você consome diariamente podem proteger ou prejudicar seu organismo. Por isso, as escolhas dos alimentos e os hábitos alimentares saudáveis são essenciais para sua saúde. Escolha alimentos grelhados em vez de fritos, mastigue devagar e faça das verduras, legumes e frutas a base da sua dieta.

6. Controlar o estresse

O estresse pode afetar a saúde de forma negativa, prejudicando o coração e saúde mental, além do sistema imunológico. Exercícios de respiração e meditação são ótimas formas de aprender a lidar com a pressão diária e gerenciar o estresse.

7. Dormir bem

O sono prejudicado afeta a memória, as emoções, o peso e até mesmo sua aparência. De acordo com a Fundação Nacional do Sono dos Estados Unidos, a maioria dos problemas de sono é resultado de ronco, efeitos colaterais de medicamentos e condições médicas como refluxo, depressão e problemas na próstata.

8. Exercitar o cérebro

A Universidade Johns Hopkins indica aprender um idioma ou fazer um novo caminho para o trabalho, por exemplo, como medidas para desafiar seu cérebro a lidar com tarefas novas. É importante sempre exercitar o cérebro para diminuir o risco de doenças neurológicas.

Além de todas essas dicas, não se esqueça de se hidratar bem. A água é essencial para o bom funcionamento do corpo. A recomendação mínima é de 2 litros de água por dia. Mas se você pratica muitos exercícios, por exemplo, deve se hidratar mais.

Pare de evitar o médico!

Não espere para ir ao médico quando algo estiver seriamente errado. Um médico de confiança pode ser o melhor aliado para prevenir problemas de saúde, pois ele vai te ajudar a controlar condições como pressão e colesterol, e irá te dizer quando marcar a próxima consulta para checar se está tudo certo.

Além disso, realizar exames periodicamente é importante para acompanhar sua saúde. Principalmente depois dos 50 anos de idade, é necessário realizar alguns exames de controle. De acordo com o Ministério da Saúde, alguns dos testes e exames mais básicos que precisam ser realizados com frequência são:

  • Verificação da pressão arterial;
  • Hemograma completo e testes de urina;
  • Teste de glicemia, para prevenção de diabetes;
  • Atualização da carteira vacinal;
  • Verificação do perímetro abdominal e teste de IMC.

Dar o suporte ao homem e informá-lo bem é importante para a otimização de toda a jornada do paciente. Você já sabe o que pode fazer para ajudar os homens a se cuidarem melhor? Entre em contato conosco e te ajudaremos!

Leia também um artigo sobre o Outubro Rosa e o câncer de mama no nosso blog!

Sem comentário

Faça seu comentário

Receba Nossa Newsletter

Quer saber mais sobre o trabalho da Proxismed e receber dicas para cuidar da saúde? Cadastre-se!